Conecte-se Conosco

Cultura

Fintech de educação projeta investimento superior a R$ 5 milhões para redução da inadimplência escolar

Publicado

em

Objetivo do banco digital é implantar programa inadimplência zero nas escolas, iniciando pelas escolas paulistas

A inadimplência escolar é um dos grandes desafios enfrentados pelas instituições de ensino, e isso se agravou especialmente durante a pandemia. Em pesquisa divulgada pela Sponte, com 3 mil escolas de todos estados do Brasil, afirma que de 2019 a 2022, a taxa de inadimplência nas escolas particulares avançou de 17,57% para 19,68%. Em busca de soluções para esse problema, o Profebank, a fintech que oferece soluções financeiras para instituições de ensino, projeta investir mais de R$ 5 milhões de reais em tecnologia e serviços para reduzir a inadimplência escolar e promover a saúde financeira das escolas.

Com o objetivo de implantar o programa  inadimplência zero nas escolas, o Profebank desenvolveu uma plataforma digital que permite o acompanhamento financeiro de forma integrada, proporcionando mais transparência, agilidade e segurança no processo de cobrança de mensalidades. A plataforma oferece serviços como proteção da mensalidade escolar, cartão de crédito a professores e auxiliares e benefícios exclusivos do setor, além de contar com uma equipe de especialistas em educação financeira para auxiliar as escolas na implementação das melhores práticas.

De acordo com Diego Sanchez, CMO do Profebank, a pandemia agravou a situação nas escolas, mas também acelerou a transformação digital no setor educacional. “As escolas perceberam a importância de contar com soluções tecnológicas para aprimorar a área financeira, reduzindo a inadimplência e trazendo segurança e previsibilidade ás escolas. Com a nossa plataforma, as escolas podem automatizar processos, e principalmente, estabelecer uma relação mais transparente e eficiente com as famílias, o que contribui para a redução da inadimplência”, afirma.

A projeção de investimento superior a cinco  milhões reforça o compromisso do Profebank em apoiar as escolas na superação dos desafios financeiros. “Nosso objetivo é ser um parceiro estratégico das instituições de ensino, assegurando o faturamento educacional. Acreditamos que a tecnologia é uma aliada poderosa na promoção da educação de qualidade, e estamos empenhados em contribuir para a saúde financeira das escolas, permitindo que elas invistam cada vez mais em melhorias pedagógicas, tecnologia e principalmente no material humano”, conclui Sanchez.

Sobre o Profebank

O Profebank é uma plataforma de soluções financeiras para o setor educacional, que tem como missão auxiliar as instituições de ensino na redução da inadimplência e na melhoria da saúde financeira, por meio de soluções ágeis, seguras e transparentes. Atualmente o Profebank já possui mais de 40 instituições de ensino cadastradas em sua plataforma. Para mais informações, acesse: https://www.profebank.com.br/.

Cultura

Casa Privalia promove gratuitamente desde aula de Yoga a Masterclass sobre vinhos na Faria Lima

Publicado

em

De

Loja de experiência, que aproxima o público a love brands, ocorre de 13 a 18 de julho, no Complexo B32 e oferece mais de 100 mil peças com desconto de até 90%

A Casa Privalia está de volta e, de 13 a 18 de julho de 2024, além de inúmeras oportunidades de love brands nacionais e internacionais, traz uma série de atividades físicas e de entretenimento gratuitas para o Complexo B32, à famosa Baleia da Faria Lima.

Com o apoio de suas marcas parceiras, a Casa irá sediar desde Masterclass sobre Vinhos a aulas de Yoga, passando ainda por lives com dicas de presentes e debates artísticos. Em horário semelhante ao de shopping, das 10h às 22h, os visitantes poderão também desfrutar de food trucks, happy hour e música ao vivo.

A iniciativa, que chega ao ambiente físico com a experiência única vivenciada pelos mais de 19 milhões de cadastrados na plataforma da Privalia, disponibiliza mais de 100 mil peças à venda, com descontos de até 90%, abrangendo categorias como moda, calçados, beleza, acessórios, casa & decoração e gastronomia. Entre as marcas mais desejadas estão Nike, Lacoste, Calvin Klein, Arezzo, Live, Hering, Morena Rosa, Porto Brasil, Grand Cru, entre outras.

“Vivemos um mundo ‘figital’, com o digital e o físico presentes e convivendo simultaneamente na vida das pessoas. Pensando nisso, criamos um espaço para aproximar e conectar pessoas a suas marcas favoritas, levando para o presencial uma verdadeira imersão 360º ao universo da Privalia.” destaca Fernando Boscolo, CEO da Privalia Brasil.

Os visitantes poderão utilizar o aplicativo Casa Privalia- https://casaprivalia.com.br/ para agendamento, acesso as compras e mais informações. Serão 150 vagas por hora, permitindo que todos consigam explorar da melhor forma os três andares de oportunidades. Não é possível agendar para duas horas seguidas.

Já para as aulas e atividades extras, será necessário realizar a inscrição através do aplicativo da Sympla.

Confira a programação extra completa:

Sábado e domingo- 13 e 14 de julho

11h às 15h- Feira adoção de Cães e Gatos by ONG Cães do Mundo da Lua

16h- Masterclass de Vinhos by  Grand Cru

Inscrições sábado: https://www.sympla.com.br/evento/masterclass-grand-cru/2549509

Inscrições domingo: https://www.sympla.com.br/evento/masterclass-grand-cru/2549530

Segunda-feira – 15 de julho

19h- Live transmitida da Casa Privalia para o Instagram Privalia com dicas de presentes para o Dia dos Pais by Highstil

Terça-feira- 16 de julho

10h- Aulão de Yoga e Meditação by Plié

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/aulao-de-yoga-e-meditacao-com-plie/2550157

15h- Live transmitida da Casa Privalia para o Instagram Privalia sobre a Tendência Athleisure by Plié

19h- Live com Tico Canata transmitida da Casa Privalia para o Instagram Privalia sobre artes produzidas no evento

Quarta-feira- 17 de julho

10h- Treinão Funcional by Plié

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/treinao-com-plie/2550160

19h- Aula Show com Carlos Bertolazzi by Porto Brasil

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/masterclass-porto-brasil-com-carlos-bertolazzi/2550176

Quinta-feira- 18 de julho

15h- Aula de Dança by Privalia

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/aula-de-danca-eu-nao-danco/2550173

Serviço Casa Privalia:

Localização: Complexo B32 – Av. Brigadeiro Faria Lima, 3732 – Itaim Bibi – SP

Data: 13 a 18 de julho de 2024

Horário de funcionamento: 10 às 22h

Os visitantes poderão utilizar o aplicativo Casa Privalia para agendamento, acesso ao evento e mais informações. Serão 150 vagas por hora, permitindo que todos consigam explorar da melhor forma os três andares de oportunidades. Não é possível agendar para duas horas seguidas.

Link agendamento: https://casaprivalia.com.br/

Sobre a Privalia

A Privalia é uma das mais completas plataformas digitais multimarcas do Brasil. Com atuação B4B2C, é uma parceira estratégica para potencializar negócios no ambiente digital, focada em oferecer as melhores marcas e melhores ofertas em um único lugar. Possui mais de 19 milhões de usuários cadastrados que acessam oportunidades únicas de compra de produtos e serviços de mais de 600 marcas parceiras, entre as mais desejadas no Brasil e no mundo.

Com DNA sustentável, a Privalia é um agente ativo na geração de negócios sustentáveis e responsáveis. Por meio da oferta e venda de produtos de coleção ou estoques remanescentes, auxilia na saúde financeira das marcas parceiras, evita o descarte e incentiva o acesso e a economia circular. Pertencente ao grupo Veepee, líder no mercado de e-commerce europeu e presente em 10 países, a Privalia Brasil é a única operação fora da Europa, e atua em diversas categorias como moda, calçados, acessórios, esportes, beleza, kids, pets, bebidas & gastronomia, eletrônicos, casa e viagens. Conheça mais em www.privalia.com.br

Privalia em números

  • 19,6 milhões de usuários cadastrados, e pretende alcançar 23 milhões até 2026;
  • 600 marcas parceiras;
  • 2,8 milhões de visitantes únicos só no segmento de moda, em 2022;
  • Mais de 500 mil visitantes diários no app e site;
  • 123 milhões de produtos vendidos em 15 anos de atividade;
  • Brandsplace e Travel devem representar 25% do volume de transações da Privalia até 2026;
  • Financeiramente, é uma empresa lucrativa, geradora de caixa e com zero endividamento;
  • 350 Colaboradores;
  • Redução de 100 toneladas de plástico ao ano, com a adoção de embalagens biodegradáveis;
  • Mais de 260 mil entregas realizadas com veículos elétricos o que gera 190 toneladas de CO2 a menos sendo emitidas;
  • Faturamento do grupo Veepee: EUR 3,6bi.

Continue lendo

Cultura

Festival Minitrama chega à sua segunda edição, de 1º a 3 de agosto, no Centro Cultural Justiça Federal

Publicado

em

De

O evento contará com a apresentação de quatro novos musicais de até 20 minutos e a realização de oficinas de corpo, voz e dramaturgia

O musical autoral está relacionado à própria formação cultural do povo brasileiro, em que diversos saberes, crenças, costumes e tradições se unem na construção de histórias. Mas quais são os caminhos iniciais que os artistas devem tomar para a criação de um musical brasileiro? Com a realização de mostras e oficinas, o festival Minitrama chega à sua segunda edição de 1º a 3 de agosto no Centro Cultural Justiça Federal, com o objetivo de ser um ponto de encontro para quem escreve musicais no Rio de Janeiro e para o público admirador do gênero. Um “laboratório”, no qual novos espetáculos podem compartilhar seus primeiros passos com o público, democratizando o acesso aos bastidores do teatro musical.

O festival foi criado no ano passado pelos dramaturgos e amigos Gabriela Alkmin, Luiz Buarque e Marcelo Albuquerque. Diante do desafio do alto custo dos musicais, resolveram investir em “minimusicais”, em que os criadores apresentam versões de até 20 minutos dos espetáculos que estão desenvolvendo. Este exercício de concisão também permite que os participantes possam focar suas pesquisas no material escrito. “Reduzir o tamanho das apresentações equilibra o orçamento e ainda assim nos possibilita apresentar uma experiência com “início/meio/fim” aos espectadores”, explica Marcelo Albuquerque. “Já o público, tem a rara oportunidade de vivenciar a criação de um musical e colaborar com seus autores através de oficinas e rodas de conversa”, acrescenta Gabriela Alkmin.

A anfitriã da festa é a atriz Stella Maria Rodrigues, que já participou de musicais como “Company”, “Cole Porter, ele nunca disse que me amava”, “Romeu e Julieta, ao som de Marisa Monte”, “Cazuza, pro Dia Nascer Feliz”, entre outros. E ela quem vai abrir a noite para as apresentações dos “minimusicais” “A Pandêmica Comédia” (01/08 e 03/08), “Casa dos Artistas Fodidos” (01/08 e 02/08), “Sem Sinal” (01/08 e 02/08) e “Antes que tudo acabe” (02/08 e 03/08). No último dia, haverá uma roda de conversa após as apresentações.

“Na época em que comecei a fazer musical, nós não tínhamos esse preparo de hoje, de estudar canto, dança, interpretação. Era meio no susto. Por isso, é muito bom ver essa evolução, e os jovens atores de hoje já com esse preparo. O teatro musical entrou no Brasil e está tendo a nossa cara, né? No festival Minitrama, vemos a qualidade dos nossos autores, diretores, atores, de toda essa engrenagem do teatro”, celebra a atriz Stella Maria Rodrigues. “Os musicais da Broadway são incríveis, mas ver o teatro musical autoral ganhando força aqui, sem se guiar por fórmulas americanas, é gratificante. No evento, temos a possibilidade de conhecer e ver quanta criatividade, quanto talento existe aqui”, completa a atriz.

Além dos espetáculos, serão oferecidas quatro oficinas: Técnica Vocal para Teatro Musical (02/08 – 14:30), com Chiara Santoro; A culpa é do texto (ou “quem escreveu isso aqui?”) (02/08 – 16:30), com Luiz Buarque; O Corpo do Personagem – O Corpo em Cena (03/08 – 14:30), com Daniel Chagas; e Laboratório da canção (03/08 – 16:30), com Marcelo Albuquerque e Gabriela Alkmin.

“Abrir um espaço para criadores é fomentar artistas do Rio de Janeiro na busca investigativa pela linguagem do teatro musical com um cara nossa, focando no aquecimento desse mercado, valorizando a cultura e preparando esses profissionais para o mercado”, reforça Luiz Buarque.

Programação:

MOSTRA

A Pandêmica Comédia (01/08 e 03/08)

Inspirado na obra clássica “A Divina Comédia”, de Dante Alighieri, que conta a história de sua viagem ao submundo com intenção de chegar ao paraíso. Um texto dividido em 9 esquetes-monólogos em que cada uma simboliza um círculo do inferno, usando a pandemia como plano de fundo. No festival, será apresentada a esquete musical “Heresia”, onde acompanharemos a episcopisa Eritone e seu festival de apostasia.

Autor e Compositor: Matheus Brito

Casa dos Artistas Fodidos (01/08 e 02/08)

Ser artista de teatro musical é para os corajosos! É preciso aprender a cantar, dançar e atuar ao mesmo tempo. Mas o que ninguém te ensina por trás do glamour do showbiz é: Como ser artista e não ser fodido? Ou melhor, porque trabalhar com teatro em um país onde a preocupação básica do artista é pagar a conta no fim do mês?  Essa é a pergunta que Caique, Felipe, Julieta, Marina e Viviane vão buscar responder enquanto tentam passar na audição mais importante do ano.

Escritor, Letrista e Compositor: Ramon Costa

Letrista e Compositora: Malu Cordioli

Sem Sinal (01/08 e 02/08)

Três adolescentes enfrentam o inesperado colapso da internet e são forçados a redescobrir o mundo offline. Sem redes sociais, eles se veem desafiados a explorar novas formas de se conectar e se relacionar. Nesse processo, eles descobrem a profundidade das interações pessoais, a importância das conversas cara a cara e a beleza das experiências compartilhadas sem a mediação das telas.

Texto e letras: Daniel de Mello

Músicas: Gabriela Alkmin

Antes que tudo acabe (02/08 e 03/08)

O que fazer quando percebemos que a vida tomou um rumo totalmente diferente do que havíamos imaginado? No réveillon do “bug do milênio”, o popstar Edu Reis faz um show histórico nas areias de Copacabana. Vinte anos depois, o cantor tenta voltar aos palcos e acaba “cancelado”. A queda de Edu abala as estruturas da geração cujas expectativas ele transformou em música e faz com que um grupo de amigos precise salvar o ídolo para poder salvar a própria história.

Texto: Luiz Buarque e Rogério Fanju

Música e letra: Rebecca Noguchi

Roda de Conversa: encerra a noite de mostras do dia 03/08

OFICINAS

Técnica Vocal para Teatro Musical (02/08 – 14:30)

Chiara Santoro

A oficina pretende estimular o aluno a mergulhar no processo de estudo do repertório, através de ferramentas expressivas, técnicas e musicais.

Conteúdo: Aulas práticas de experimentação através de vocalises, jogos musicais e estudo dos solos de teatro musical. Não há pré-requisitos para participação. Idade mínima 16 anos.

A culpa é do texto (ou “quem escreveu isso aqui?”) (02/08 – 16:30)

Luiz Buarque

A parte “falada” de um musical desconcerta autores, atores e público há gerações: qual a relação entre texto e números? Como estruturar um formato dramatúrgico tão específico? Por onde começar a exercer essa fascinante (e meio ingrata) ocupação? É sobre isso que a gente vai conversar nessa oficina.

O Corpo do Personagem – O Corpo em Cena (03/08 – 14:30)

Daniel Chagas

A oficina tem como objetivo estimular a composição de personas através de estímulos físicos como respiração (biorritmo), musculatura (densidade) e estrutura óssea (porte e estrutura física), dando à atriz ou ao ator domínio sobre as escolhas. Na sequência trabalharemos como estas personas podem transitar de uma para outra, ou para um corpo neutro, sem perder qualidade e precisão.

Laboratório da canção (03/08 – 16:30)

Marcelo Albuquerque e Gabriela Alkmin

Um estudo em cima de canções teatrais a partir de uma compreensão da sua função dentro da obra. Vamos esmiuçar a organização das ideias que se movem através de letras e das possibilidades sonoras que uma música pode ter na construção da dramaturgia de um musical como um todo.

Ficha técnica:

Direção: Marcelo Albuquerque

Assistência de Direção: Luiz Buarque

Anfitriã: Stella Maria Rodrigues

Direção de Produção: Cleto Araújo

Produção Executiva da Mostra: Gabriela Alkmin

Produção Executiva das Oficinas: Luiz Buarque

Iluminação: Anna Padilha

Idealização: Gabriela Alkmin, Luiz Buarque e Marcelo Albuquerque

Coprodução: Acorde Produções Artísticas

Fotos: RL Fotografia e Gugga Almeïdà

Assessoria de Imprensa: Rachel Almeida (Racca Comunicação)

Serviço:

Data: 01, 02 e 03 de agosto

Centro Cultural Justiça Federal: Av. Rio Branco, 241 – Centro, Rio de Janeiro – RJ

Dias e horários: quinta a sábado, às 14h30 e 16h30 (oficinas) e 19h (mostras)

Ingressos: Mostra – R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada). Oficina – R$ 30.

Lotação: 125 lugares (teatro) e 30 vagas (oficinas)

Duração: 1h30 (as mostras e cada oficina).

Classificação etária: 14 anos

Venda de ingressos: pelo site Sympla (www.sympla.com.br/produtor/acordeproducoes)

Instagram: @festivalminitrama

Continue lendo

Cultura

Cinema na natureza: Gericine realiza primeira edição de exibições gratuitas no Parque Natural do Gericinó

Publicado

em

De

Com curadoria voltada para a temática ambiental, o projeto une cinema e meio ambiente como ferramenta de conscientização e transformação social. A sessão de estreia acontece no domingo, dia 21/07, a partir das 18h

No domingo, dia 21/07, a partir das 18h, acontece a primeira sessão ao ar livre do ‘Gericine’, uma iniciativa que integra cinema e meio ambiente como ferramenta de transformação social. Com entrada gratuita, o evento promove a conscientização ambiental e a valorização do patrimônio natural e cultural do Parque Municipal do Gericinó Farid Abrão, da cidade de Nilópolis, na Baixada Fluminense e do audiovisual brasileiro.

A primeira sessão terá uma curadoria exclusivamente voltada para a temática ambiental, com a exibição de quatro curta-metragens nacionais: “A Terra das Muitas Águas”, “Memórias Submersas”, “Nimbus” e “À Margem das Torres”, abrangendo documentário, ficção e animação. O projeto busca conscientizar a comunidade local e os visitantes sobre questões ambientais, oferecendo uma programação cultural diversificada, acessível e integrada à natureza.

“A experiência de assistir a filmes ao ar livre, em um parque natural, tem o potencial de criar uma maior integração entre a população e o meio ambiente, contribuindo para a construção de uma cidade mais sustentável e consciente de sua riqueza natural”, comenta Mateus Carvalho, idealizador e produtor do projeto.

O projeto, com o objetivo de reforçar o respeito à natureza, realizará a coleta seletiva de todo o material descartado durante o evento e o plantio de mudas junto ao projeto de reflorestamento do parque “Bosque do Amanhã”. A população é convidada a participar, trazendo cangas e cadeiras de praia para a sessão que oferece pipoca e bebidas gratuitas. Todas as obras exibidas possuirão legendas descritivas para pessoas surdas e ensurdecidas, além de interpretação em Libras.

O ‘Gericine’ tem patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, Prefeitura de Nilópolis, Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Ministério da Cultura,  através da Lei de Incentivo Paulo Gustavo.

Serviço

Dia: 21/07, domingo
Horário: das 18h às 21h

Local: Parque Natural do Gericinó Farid Abrão

Endereço: R. Alberto Teixeira da Cunha, 1880 – Centro, Nilópolis – RJ, 26520-770

Gratuito

Classificação Livre

Programação

”A Terra das Muitas Águas”, de Catu Rizo (2019)

Sinopse: Nina está preparando uma viagem com sua melhor amiga, Luana. Dias antes,

começa a ter sonhos que fabulam sobre o rio Meriti-Pavuna, reacendendo sua

memória com as águas doce de sua cidade.

“Memórias Submersas”, de William Tenório (2019)

Sinopse: No sertão a construção de uma barragem pode significar o apagamento da

memória.

“Nimbus”, de Marcos Buccini (2020)

Sinopse: Em uma terra árida e quase morta, um homem acende uma vela e reza. Uma

tempestade começa a surgir. Nimbus é uma fábula sobre fé, religião e o poder da

natureza.

“À Margem das Torres”, de Ton Apolinário (2019)

Sinopse: Vila das Torres era uma comunidade enraizada entre uma linha de trem e uma horta urbana de mais de 95 mil m2, plantada abaixo de torres de transmissão da empresa

de companhia elétrica Light. Em 2011, tanto a horta quando a comunidade foram

completamente removidas para a construção do Parque Madureira. Oito anos

depois, ex-moradores e vizinhos compartilham seu passado e os efeitos de seu

apagamento no cenário urbano local.

Sobre o Parque Natural do Gericinó Farid Abrão

Até 2007, o Gericinó era uma área dedicada ao treinamento militar do Exército Brasileiro, com acesso estritamente proibido à população civil. Desde então, o Parque Municipal do Gericinó Farid Abrão, tem desempenhado um papel fundamental na vida de Nilópolis. Atualmente, o parque é frequentado diariamente por centenas de pessoas de todas as idades, tornando-se um espaço de convívio, lazer e contato com a natureza. Além disso, o parque serve como local para projetos de reflorestamento, eventos culturais e esportivos, e pesquisas acadêmicas sobre a fauna e a flora locais.

Continue lendo

Destaque